o poema dos pobres

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

o poema dos pobres

Mensagem  varandas em Seg Set 27, 2010 9:50 am

quando olho para a carteira
tenho um aperto no coração
a situação económica está tão foleira
e eu sem tostão.


Ouro, dinheiro, a sorte
fogem de mim a sete pés
persigo-os até à morte
a correr o mundo de lés a lés.

um dia hei-de apanhar
uns trocados pelo caminho
tantos que não possa contar
de preferência sózinho
Very Happy

varandas

Mensagens : 11
Data de inscrição : 22/09/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum